Direto da Fonte | A política da Região dos Lagos nesta sexta-feira (06)

Prefeitura emite nota de repúdio, PMs envolvidos na ação são ouvidos no batalhão e políticos se manifestam contra truculência no Manoel Corrêa; Transporte em São Pedro da Aldeia continua gerando dúvidas na população

Marcas de tiro na praça, cartuchos de bala deflagrados, equipamentos de som danificados e indignação marcaram a manhã do dia seguinte da ação da Polícia Militar que aconteceu na noite de quinta-feira (05) no bairro Manoel Corrêa. Policiais Militares entraram atirando para dar fim à “Batalha do Mantém”, tradicional evento da cultura Hip Hop em Cabo Frio, onde jovens, adolescentes e crianças participavam. Os vídeos gravados possibilitaram o alcance da denúncia nas redes sociais e este foi o principal assunto do dia, inclusive no meio político. Afinal, por pouco não aconteceu uma tragédia e ninguém saiu ferido fisicamente do confronto de um lado só: o de balas de revólver contra o uma ação cultural que seguia em paz no bairro.

A Prefeitura de Cabo Frio emitiu Nota de Repúdio à ação policial no fim do dia. Segue a nota na íntegra:

“A Prefeitura de Cabo Frio repudia de forma veemente a ação de policiais militares que estiveram na noite de quinta-feira (5) na Batalha de Rap no bairro Manoel Corrêa. A Prefeitura apoia a manifestação artística e presta solidariedade aos participantes, que foram reprimidos de maneira covarde pelos agentes de segurança.

A ação desses policiais contraria todos os esforços feitos pelo Governo Municipal para garantir o acesso da população jovem à cultura e ao lazer. As imagens demonstram uma atuação truculenta e violenta por parte daqueles que deveriam proteger a população.

Não podemos admitir que famílias inteiras sejam humilhadas e expulsas do espaço público. O disparo de tiros em um ambiente repleto de crianças é uma atitude irresponsável e que não pode ficar impune. O Estado deve garantir a liberdade dos cidadãos e preservar vidas, jamais atentar contra a sua própria população.

Representantes da Prefeitura de Cabo Frio já procuraram os organizadores do evento e se colocaram à disposição para colaborar com a comunidade afetada. O Governo Municipal está em contato com o comando do 25º Batalhão de Polícia Militar, solicitando rigorosa apuração dos fatos ocorridos, para que os responsáveis sejam punidos e para garantir que tal violência não se repita no município.”.

Vereador no Manoel Corrêa

O vereador Davi Souza esteve no Manoel Corrêa, logo após ir ao 25º Batalhão, onde oficiou o comandante “para que tome medidas cabíveis para apurar o que houve ontem”. Ele postou um vídeo mostrando as marcas do dia seguinte e aproveitou para informar que ingressou com projeto para tornar as batalhas de rima Patrimônio Imaterial de Cabo Frio.

“Atividades culturais não podem ser reprimidas e marginalizadas pelo estado. Nós também ingressamos com um Projeto de Lei para tornar as batalhas de rima patrimônio cultural imaterial de Cabo Frio.”, escreveu na rede social.

Janio Mendes apoia a divulgação da cultura Hip Hop

O pré-candidato a deputado estadual Janio Mendes também se pronunciou contra o ocorrido e postou na rede social um vídeo em que mostra o exato momento em que a batalha acontecia somente na cena cultural quando um grupo de Policiais Militares chega atirando.

“Acabo de receber este material, que compartilho, trazendo a denúncia de uma ação da polícia contra uma roda cultural, na Praça do Bairro Manoel Correa, na noite de ontem (05).

A “Batalha do Mantém”, é um evento da comunidade, apoiado pelo grupo “Batalha do Forte”, que auxilia a divulgação da cultura Hip Hop com campanha ostensiva contra o uso de drogas. É preciso registrar, que no instante da ação, um grupo crianças e adolescentes participavam de forma descontraída e inocente do evento, como demonstra o vídeo. (…) As imagens trazem uma grave denúncia do que poderia vir a ser uma grande tragédia e carece de uma profunda investigação por parte das autoridades”.

 

Entramos em contato com o 25º BPM que nos enviou uma nota:

“A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que um procedimento interno foi instaurado para apurar a situação ocorrida na Praça do bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, na noite de quinta-feira (05/05). Os policiais militares envolvidos na ocorrência estão sendo ouvidos na sede do batalhão local.”.

Até o fechamento desta coluna os deputados estaduais Mauro Bernardo e Dr. Serginho não se manifestaram nas redes sociais sobre o assunto.

Transporte em São Pedro continua gerando dúvidas

Em São Pedro da Aldeia, o clima é de despedida da Salineira, que deixa de operar na cidade na próxima segunda-feira e a empresa V7 assume o lugar. E a sexta-feira amanheceu com ônibus de turismo da empresa que estão parados em um condomínio particular de casas. Não se sabe se são os ônibus que vão operar em São Pedro, mas as especulações não param.

Vale lembrar que durante a semana a empresa foi alvo de questionamentos pelo capital social declarado abaixo do que se espera de uma empresa do ramo de transporte público – R$300 mil – ; por manter como endereço da sede uma casa no centro que, segundo vizinhos, está abandonada há pelo menos seis meses.

Questionada, a Prefeitura informou que todas as exigências foram cumpridas no processo de licitação e que caso algum serviço não fosse prestado conforme o contratado iria cobrar da empresa. Mas o que ficou em aberto é: onde é o endereço da matriz da V7? A casa que está abandonada, segundo vizinhos, vai ser reaberta? Ou vão trocar de endereço? São questionamentos comuns quando se trata de um serviço público novo, ainda mais quando se trata também da saída da Salineira, que é a empresa que detinha o monopólio no transporte municipal e intermunicipal da Região dos Lagos desde a chegada deste transporte.

Prefeitura de São Pedro divulga itinerários dos ônibus

A prefeitura de São Pedro da Aldeia divulgou quais serão as rotas atendidas pela nova empresa de transporte público. Segundo publicado pela prefeitura, o valor da passagem continuará R$4,30 e serão 11 linhas, mas mesmo assim, bairros tradicionais e com um grande número de moradores, como é o caso da Rua do Fogo, ficaram sem uma linha de ônibus. Será que os moradores da localidade aceitarão ficar sem uma linha de ônibus? Lembramos que o vereador Marcio Soares é da base do governo Fábio do Pastel e também mora no bairro, mas o vereador não necessita andar de ônibus e por isso vai deixar os eleitores na mão? Vamos continuar acompanhando.

Linha 01 – Baleia x Base
Linha 02 – São Pedro x Três Vendas
Linha 03 – São Pedro x Alecrim
Linha 04 – São Pedro x Retiro
Linha 05 – São Pedro x bairro São João (via Campo Redondo)
Linha 06 – São Pedro x Balneário das Conchas
Linha 07 – São Pedro x Jardim Primavera (via Campo Redondo)
Linha 08 – São Pedro x Botafogo (via São Mateus)
Linha 09 – São Pedro x Sapiatiba Mirim II
Linha 10 – São Pedro x Sergeira
Linha 11 – São Pedro x Farmácia Velha

Share on facebook
Facebook
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email