Prolagos lança nova edição do Prêmio de Jornalismo Ambiental

Concurso vai distribuir R$ 36 mil em prêmios entre cinco categorias profissionais e uma universitária

0
130
Concurso vai distribuir R$ 36 mil em prêmios entre cinco categorias profissionais e uma universitária. Foto: Divulgação/ Prolagos

Estimular a produção de reportagens sobre saneamento e sua relação direta com a preservação da natureza, saúde pública e desenvolvimento urbano. Este é o principal objetivo do Prêmio de Jornalismo Ambiental da Prolagos, que lança mais uma edição neste ano. A iniciativa, que está em sua 4ª edição, contou com mais de 40 trabalhos inscritos no ano passado e mobilizou 15 veículos de imprensa da região.

A premiação também tem o propósito de valorizar a imprensa local, reconhecer o trabalho de profissionais que levam a conscientização ambiental por meio de suas atividades e estimular os futuros jornalistas que vão exercer um papel fundamental para a construção de uma sociedade responsável.

“O poder de multiplicação da imprensa é muito grande e fundamental para impulsionar mudanças. Promover e incentivar a imprensa é ter certeza de que os nossos usuários vão receber a informação correta. Porque assim como tratamos a água, a imprensa cuida das notícias, fazendo a apuração, ouvindo todos os lados envolvidos, entregando conteúdo transparente e de qualidade para os moradores da região”, afirma o diretor-presidente da concessionária, Pedro Freitas.

Assim como nas edições anteriores, o 4º Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental vai premiar as duas melhores reportagens nas categorias: jornalismo impresso, radiojornalismo, webjornalismo, telejornalismo e fotojornalismo. Além das categorias profissionais, o prêmio é estendido também para os universitários do curso de Jornalismo.

“O Prêmio Prolagos é motivante para nós, jornalistas. Envolve sair da zona de conforto, pensar fora da caixa, selecionar o assunto e desenvolver o tema da melhor forma possível. Dá um gás ter o trabalho reconhecido, é uma motivação para continuar a contar histórias. E morar numa região tão privilegiada e com tanta biodiversidade deixa mais fácil falar sobre preservação ambiental.”, comenta Monique Gonçalves, do portal Prensa de Babel e vencedora do 2º lugar da categoria webjornalismo na última edição.

Além de troféus, serão distribuídos R$ 36 mil em prêmios. Entre as categorias profissionais, a premiação em dinheiro será de R$ 4.500,00 e R$ 2.500,00, respectivamente primeiros e segundos lugares. A categoria jornalismo universitário receberá quantia em espécie no valor de R$ 1.000,00.

Poderão ser inscritas reportagens publicadas entre 1º de janeiro e 14 de outubro de 2022, prazo final para as inscrições. O regulamento está disponível no site www.prolagos.com.br.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here